Conclui-se a primeira fase do projecto Re_Emergir na Borralha, Montalegre

As organizações VIC // Aveiro Arts House (Aveiro) e Ecoopera (Valladolid) associaram-se ao abrigo do programa europeu Tandem para desenvolver esta iniciativa.

As minas da Borralha foram, em tempos, um dos pólos económicos mais importantes do distrito de Vila Real. Outrora um dos mais consideráveis centros empregadores da região, estas minas desempenharam um papel de grande relevância a nível geopolítico, que se deveu à importância do volfrâmio para o fabrico de armamento, sobretudo durante a Segunda Guerra Mundial.

Definitivamente encerradas desde 1986, as instalações mineiras foram progressivamente desmanteladas até ao estado de ruína a que hoje podemos assistir. No entanto, a inauguração em 2015 do Centro Interpretativo das Minas da Borralha, pelo Ecomuseu de Barroso, marcou o início da recuperação deste notável património industrial, tratando de devolver a vida ao que foi outrora uma aldeia altamente próspera e efervescente.

É neste contexto que surge o projecto Re_Emergir, iniciativa que procura revalorizar a zona através da cultura contemporânea de cunho comunitário. Os conhecimentos em gestão cultural e comissariado artístico da VIC, reúnem-se aqui aos conhecimentos sociológicos e à experiência em desenvolvimento territorial e trabalho com comunidades rurais da associação Ecoopera, para conceber um projecto de investigação-acção que parte da comunidade local para gerar uma programação artística internacional que visa integrar também os saberes locais.

O objectivo final é que a proposta funcione como um protótipo passível de ser replicado em territórios de tipologia semelhante, servindo assim como base para a criação de um guia de acesso livre e gratuito sobre o desenvolvimento de projectos culturais comunitários no meio rural.

A primeira fase do projecto acaba de ser concluída no terreno de 5 a 14 de Julho passado, em estreita colaboração com o Centro Interpretativo das Minas da Borralha. Nesta fase procurou-se sobretudo uma aproximação à comunidade, gerando-se os primeiros contactos com a mesma através de metodologias como entrevistas, passeios emocionais e outras acções informais.

Posteriormente, de 26 a 30 de Agosto próximo, será desenvolvido um programa de residências artísticas na aldeia, no contexto das quais se realizarão oficinas em áreas como a música electrónica, a animação, a rádio ou a ilustração, e que chegarão ao seu termo no dia 31 de Agosto, com uma grande celebração final.

 

 

O programa Tandem Europe apoia colaborações experimentais entre agentes culturais de toda Europa, interessados na inovação social. Foi projectado para gestores culturais que desejem trabalhar em soluções criativas, destinadas a fazer frente aos desafios contemporâneos das nossas sociedades, e que queiram cultivar ideias pioneiras para gerar um impacto sócio-económico positivo.

Tandem Europe é uma iniciativa desenvolvida pela European Cultural Foundation e MitOst e.V. em conjunto com a Fundación Cariplo, recebendo ainda apoio financeiro da Robert Bosch Stiftung e da Stavros Niarchos Foundation. O programa é implementado pela 4iS (Aveiro), COMM’ON (Atenas) e Ideas Factory (Sofia). 

 

Visit Boticas / 18/08/2019 /  Fotografia: VIC // Aveiro Arts House

 


PUB