Câmara de Boticas avança com Centro de Observação da Natureza do Barroso

A Câmara de Boticas vai aplicar 278 mil euros no Centro de Observação da Natureza do Barroso, que visa criar mais percursos pedestres, um abrigo para observação de aves e a recuperação de uma represa no rio Beça.

O presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, disse ontem à agência Lusa que o projeto visa melhorar as condições de visitação do Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade, que abrange as freguesias de Vilar, Codessoso e Beça.

Trata-se, segundo o autarca, de um projeto financiado pelo Provere – Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos – que pretende melhorar as condições de visita ao parque que “já se transformou num importante polo de atração de turistas”.

O Centro de Observação da Natureza do Barroso inclui a criação de trilhos, a construção de um edifício de balneários, de um percurso de arborismo, de um abrigo prefabricado para observação de aves, de um tanque de trutas, o prolongamento do passadiço em madeira já existente e a recuperação de uma represa no rio Beça.

 

Visit Boticas / 13/02/2019 / Fonte: LUSA / Fotografia: TR

SUGERIR CORREÇÃO

 


PUB