Investigadores europeus reúnem em Boticas

O evento, que decorreu entre os dias 11 e 13 de outubro (2018), reuniu em Boticas um amplo conjunto de investigadores nacionais e internacionais, que debateram a problemática dos processos de contato entre culturas na transição da Era, na Europa.

 

Da esq. para a dir.: Vice-reitora da Universidade do Minho Manuela Martins; Presidente da Câmara Municipal de Boticas Fernando Queiroga; Presidente da Sociedade Martins Sarmento Paulo Vieira de Castro; Professor Luís Fontes.

 

O período que medeia entre o século II a. C. e o século II d. C. é uma época caracterizada por interessantes e complexas dinâmicas históricas e culturais, um pouco por toda a Europa. Coincidente com a formação territorial e consolidação cultural do Império Romano, a transição entre a Idade do Ferro e a época Romana ocorreu a ritmos diferentes, condicionada por critérios de ordem geográfica, política e cultural.

Paralela ao simpósio foi inaugurada a exposição “Povoados Fortificados da Idade do Ferro de Boticas. A exposição, inédita, dá a conhecer os 21 povoados fortificados do concelho associados à Idade do Ferro.

O Simpósio Internacional “Interações Culturais e Paisagens em mudança na Europa (sécs. 2º a.C./ 2º d.C.)”, inscreve-se na estratégia conjunta da Universidade do Minho e do Município de Boticas de promover a transferência de conhecimento e de dar visibilidade ao património do concelho.

 

Visit Boticas / 17/10/2018 / Fonte: UAUM / Fotografia: TR

SUGERIR CORREÇÃO

 


PUB