Alto da Seara

PAVT / Rota das Gravuras

Localizadas na margem esquerda da ribeira de Ardãos, as gravuras rupestres encontram-se numa chã aplanada que se desenvolve até às lagoas das Batocas, inscrevendo-se sobre uma laje granítica com aproximadamente 25 m2. As gravuras, feitas por picotagem e abrasão, incluem motivos compostos por sulcos que desenham motivos tendencialmente circulares, curvilíneos e retangulares. Dispersos sobre e no entorno dos sulcos encontram-se, em grande número, covinhas, dispostas de modo aparentemente aleatório, ou pelo menos, sem que nos seja possível reconhecer na sua posição uma ordem ou padrão. Na lateral nascente da laje é possível observar um conjunto epigrafado contemporâneo, onde se pode ler >1969/ DOMINGOS<.

Embora existam elementos contemporâneos no cenário inscultórico desta gravura, podemos considerar que estes não constituem uma perturbação efetiva da composição principal, situada no topo da laje e formada por motivos que, culturalmente, se inserem na chamada Arte Atlântica.


Fonte: Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho 2016, Rotas das Gravuras, Câmara Municipal de Boticas, Boticas. / Fotografia: TR

SUGERIR CORREÇÃO

 


PUB